03 mar, 2016

Não desista, não!


meu-amo

Olá, pessoal! Tudo bem?

Vou contar para vocês a minha história. Li muitos comentários aqui de mulheres perdendo a esperança de encontrar o amor, e talvez isso possa servir de motivação.

Meu primeiro namorado é o meu atual, começamos a namorar quando eu tinha 21 anos. Não é tão cedo e nem tão tarde, mas foi uma espera interminável para mim. Eu era a solteirona, encalhadona, não pega ninguém da minha turma. Por mais que ninguém falasse isso para mim, era assim que eu me sentia. Eu nunca gostei de ficar só por ficar e não me interessava por alguém com tanta facilidade. Tinha um paquerinha aqui e outro ali, mas nada muito interessante. Quando eu finalmente ficava interessada em alguém, ou eu era muito tímida para falar ou a pessoa não tinha interesse em mim.
Cheguei a conhecer uma pessoa de outro país através de um site internacional de chat, ficamos de “gracinha” durante 9 meses, até ele me trocar por alguém que estava mais perto dele. Fiquei devastada. Eu tinha certeza que ele era meu amor verdadeiro e que eu nunca acharia alguém como ele por aqui. Mas eis que achei. Não como ele, melhor que ele!
Eu sempre me senti muito diferente das pessoas que estavam a minha volta. Não gosto de balada, não fumo e não tomo cerveja. Sou caseira e adoro um cineminha. Sim, sou a diferentona. Mas será que alguém aguentaria minha “chatice” e me amaria mesmo assim? A resposta foi sim! Conheci alguém. Não só um alguém. Aquele alguém! Posso dizer, agora com 100% de certeza, que a espera valeu a pena. Não pegar todos na balada, me apaixonar por qualquer um a cada esquina e me sentir sozinha no dia dos namorados.. tudo isso não foi em vão. O meu alguém, meu parceiro, é exatamente do jeitinho que eu pedi a Deus. Ele não curte balada (yesss!), não bebe e não fuma! Ele combina comigo e me completa. Dedico este textinho a ele, que me aguentou e me aguenta há 3 anos. Obrigada amore, por ter entrado na vida na hora certa. Por me compreender na TPM, por ser tão ciumento quanto eu, por estar comigo 24h por dia – mesmo que por whatsapp – e por você me fazer sentir especial. Foram 3 anos ao seu lado, mas parece que foi ontem que eu te conheci. I Love you, babe.

Deixe o seu comentário

Uma resposta para "Não desista, não!"

Marília Pessoa - 03 março 2016 às 20:57

Ai que texto mais lindo, Mah! Me identifiquei totalmente! Eu sou uma garota meio encalhada mesmo, meio fechada, não curto tanto badalação. Vivi um monte de amor não correspondido e já tava começando a aceitar que o problema era eu e que eu ficaria sozinha para sempre, ou que só sobraria um cara muito ruim para ficar comigo no fim de tudo. Maaas, seu texto me deu esperanças. Não preciso mudar meu jeito para conseguir um garoto. Vai aparecer algum que goste do meu jeito como ele é.
ótimo texto! Toda felicidade do mundo para vocês dois! 🙂
bjs
blogtrashrock.blogspot.com

Mah4021 • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por